O que leva as pessoas a amarem as marcas

Exceder expectativas, definir tendências, compartilhar valores, construir confiança, elevar experiências e respeitar os consumidores são os seis principais fatores que definem o que faz um consumidor amar as empresas. A conclusão é de um estudo realizado pela Oath, subsidiária da Verizon, divulgado nesta quarta-feira (24/04). Ler mais

B2B: a transformação no conceito de vendas

Uma das afirmações mais relevantes desse estudo é: compradores estão sendo mais orientados por conteúdo, e assim se distanciam dos vendedores comuns, sendo mais atraídos por canais digitais. Esses compradores nos levaram ao surgimento de uma nova geração de líderes de vendas, os quais precisam ter conhecimentos técnicos e mentalidade estratégica. Ler mais

O problema do pequeno varejo é pensar pequeno

Comece a praticar empatia, dê ao seu cliente o que você gostaria de receber, cative.

Fui comer no Subway (grande rede de alimentação) e ao encerrar minha compra a pessoa do caixa me perguntou: quer participar do nosso programa de fidelidade é só dar seu telefone. Ler mais

Plataformas digitais começam a mudar o varejo

Ferramentas como business analytics e data science trazem informações em tempo real sobre comportamento de consumidores

O varejo tradicional no Brasil começa a sentir os efeitos da transformação digital. Algumas redes já utilizam plataforma que combina diversas tecnologias (data mining ou mineração de dados, big data analytics, cloud computing e omnichannel) para rastrear, por exemplo, o cliente dentro da loja, por meio do Wi-Fi do celular. Ler mais

PLATAFORMA: UM MODELO DE NEGÓCIO EXPONENCIAL

Plataformas traduzem um modelo de negócio que integra dois grupos: de um lado, agentes econômicos que ofertam seus produtos, do outro, agentes interessados na compra desses produtos. A indústria de videogames funciona neste modelo, o Xbox (Microsoft) é um produto que atua como plataforma ao integrar os jogos produzidos por desenvolvedores aos ávidos jogadores no lado da demanda. Ler mais